Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O melhor Pai do Mundo

Ser Pai é uma experiência que merece ser partilhada. Este espaço é dedicado a todos os Pais que receberam dos seus filhos o título de "O melhor Pai do Mundo".

29.Mar.19

Pai, sou o teu despertador

pai-sou-o-teu-despertador.png

"Vou deitar-me, é sábado, amanhã de manhã não temos nada marcado, vamos dormir mais um bocadinho". Deito-me com esta esperança e durmo. Desde que fui Pai, dormir é uma espécie de stand-by, ou seja, desligo mas estou sempre pronto e alerta para acordar, seja por o mais velho nos chamar, seja pela mais pequena fazer um barulho estranho. 
 
Domingo, 7 da manhã, ouço uma voz muito ao fundo. Será que estou a dormir e a sonhar que o meu filho está a chamar-me? Espero mais um pouco e volto ao sono. De repente, sinto uma sombra mesmo ao meu lado. Abro o olho esquerdo enquanto que o direito fica a dormir. Não consigo distinguir o que está ali. “Pai, sou eu, não tenho sono, podemos acordar?”. Os Pais sofrem.
 
Durante a semana tudo é diferente. Programei o telemóvel para despertar às 06:47. O plano é para despertar a essa hora, fazer “snooze” (desligar para despertar 10 minutos mais tarde) e levantar-me às 06:57. Programamos uma hora para que estejamos prontos para sair de casa, ou seja, às 8 da manhã estamos no carro para deixar as crianças na Escola.
 
Mas lá em casa temos um despertador humano. A nossa princesa de 4 meses descobriu que o sono noturno é muito saudável, não só para ela como para o Pais. Adormece por voltas das 22:30-23:00 e dorme a noite toda. Eu sei que este é uns dos aspetos que os Pais mais se queixam. O facto dos filhos não dormirem a noite toda cria enormes desequilíbrios na nossa vida. Os meus filhos, desde cedo, dormiram a noite toda. Uma ou outra ficam mais agitados, mas o normal é dormirem a noite toda. Somos abençoados, confesso!
 

Ora, está o telemóvel preparado para me acordar. Faltam 5 minutos para as 06:47 e a mais pequena dá sinais que está a acordar. Começa com uns barulhinhos, notam-se movimentações nos lençóis e passados uns minutos lá surge um tímido choro quase que a chamar pelo Pai ou pela Mãe.

 
Quando este acordar aconteceu a primeira vez, achamos que foi uma grande coincidência, mas voltou a acontecer várias vezes. A máxima que os bebés são autênticos relógios aplica-se na perfeição. A menina dá o sinal, espera que o Pai ou a Mãe se desloquem à sua cama e aí oferece-nos um sorriso que elimina qualquer sinal de sono que poderia ainda resistir.
 
Os Pais grávidos ficam chocados quando lhes dizem que a partir do momentos em que os seus filhos nascem deixam de dormir descansados. Como escrevi, ficamos numa espécie de stand-by permanente que por mais profundo que seja o nosso sono, se surge um sinal, o alerta é lançado e o Pai e a Mãe ficam em sentido e prontos a intervir.
 
O Pai

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.