Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O melhor Pai do Mundo

Ser Pai é uma experiência que merece ser partilhada. Este espaço é dedicado a todos os Pais que receberam dos seus filhos o título de "O melhor Pai do Mundo".

Pai, quem não tem filhos é mais feliz?

pai-quem-nao-tem-filhos-e-mais-feliz.png

É de certeza uma das perguntas mais frequentes dos Pais: "Sou mais feliz agora que sou Pai ou quando ainda não o era?". 
 
A resposta que me vem logo à cabeça é que a felicidade é diferente... se isso é possível. Em cada etapa da nossa vida a felicidade apresenta-se de várias maneiras e feitios. Claro que na adolescência eu queria estar com os amigos, jogar futebol e não chatear muito os meus Pais. Depois vêm os amores e desamores, as paixões correspondidas e as que ficam pelo caminho. A felicidade até aqui gira à nossa volta, como um “Eu sou feliz”.
 

Há quem diga que sermos Pais nos torna mais completos e que por isso a felicidade é maior, mas abdicamos de tanto por sermos Pais que às vezes nos questionamos se antes é que era melhor. Naqueles dias em que a casa vem abaixo passa-nos pela cabeça os tempos sem as crianças… Aqui a nossa felicidade foge a sete pés do nosso umbigo e passa a ser vivida em função dos nossos mais-do-que-tudo. “Se eles estão felizes, eu também estou”, dizem e pensam os Pais, certo?

 
Nós vivemos a vida por fases em que cada uma é o reflexo das nossas decisões, daquilo que nos rodeia e por vezes de alguns fenómenos cósmicos como a sorte e a casualidade. 
 
Quando decidimos ser Pais não tínhamos bem a noção do como seria o momento após o bebé nascer. Mesmo quando fomos Pais pela segunda vez é impossível saber o que iria acontecer a partir daí. Uma coisa é certa, nenhuma destas decisões foi tomada com medo de não ser feliz.
 
Se há algo em que acredito piamente é que nós procuramos a felicidade. Pode ser difícil de encontrar, mas se estivermos à espera que ela apareça temos menos probabilidade de a alcançar. Também não acredito em felicidade plena, acho que temos sempre mais um degrau para subir ou então quando estamos bem lá em cima os astros fazem-nos descer uns degraus só para sentirmos que nada é assumido. 
 
Respondendo à pergunta: sou ou não mais feliz agora que sou Pai? Posso afirmar que tenho mais oportunidades para ser feliz agora como Pai. Como referi, já não somos só nós que contamos para o campeonato, há uma família muito próxima que influencia e muito o nosso estado de felicidade. Há dias em que tudo nos corre bem, conseguimos o que queremos e pensamos “Foi um dia feliz”, mas chegamos a casa e o mais velho vem chateado porque perdeu a jogar futebol e a princesa não dormiu o sono da tarde e vem chatinha como tudo. Felicidade? Relativo meu caro Watson, como diria Sherlock Holmes o mestre dos detetives que até podia dar jeito neste mistério chamado felicidade.
 
O Pai

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.